Italo Calvino

“Não se pode observar uma onda sem levar em conta os aspectos complexos que concorrem para formá-la e aqueles também complexos a que se dá ensejo. Tais aspectos variam continuamente, decorrendo daí que cada onda é diferente de outra onda; mas da mesma maneira é verdade que cada onda é igual a outra onda, mesmo quando não imediatamente contígua ou sucessiva; enfim, são formas e sequências que se repetem, ainda que distribuídas de modo irregular no espaço e no tempo”.
(Italo Calvino, no livro “Palomar”)

Holt

‘Uma das coisas que se descobre ouvindo as conversas das crianças é que as questões que elas propõem a si mesmas são sempre grandes questões. Elas não perguntam apenas: “Porque a água sai da torneira?” Preferem: “De onde veio o universo?”’ Holt, 2006